Você está aqui: Página Inicial / Notícias

Salada made in UFSCar

João Eduardo Justi publicado em 22-01-2018 - 17:00

Sabor "dos deuses"? Alimento essencial? Para alguns, sim; para outros nem tanto. Mas o fato é que a alface - nativa da região do Mediterrâneo - está presente na alimentação humana há pelo menos 6,5 mil anos e é a verdura mais consumida no mundo. Ela ganhou os mares a partir das Grandes Navegações, durante os séculos XV e XVI, para se adaptar às condições climáticas de diferentes países, sobretudo do Hemisfério Sul.  

O melhoramento genético impulsionou a adaptação já no final do século XIX, com pesquisas nos Estados Unidos que resultaram no surgimento de diversas variedades de alface. Embora adaptáveis a diferentes condições de solo e clima, a difusão das variedades depende também da aceitação dos consumidores, cujas preferências variam de país para país e até entre regiões dentro de um mesmo território. 

Na UFSCar, em 2009, começaram os primeiros experimentos para a criação de variedades de alface adaptadas ao clima tropical e ao paladar dos brasileiros. Em 2013, o resultado: nasceu a Brunela, a primeira variedade de alface desenvolvida na Universidade, que reunia características desejadas por consumidores e produtores. A família cresceu e hoje já são 10 variedades. Conheça em reportagem na segunda edição da Revista UFSCar.

Mais Notícias